O Corpo Como Tema e Suporte / by AK47

E quando um artista que está acostumado a fazer letras em muros é estimulado à retratar o corpo como objeto de observação? E quando é o próprio corpo humano que é o suporte para a arte?

Dentro do Recifusion 7 os artistas selecionados tiveram uma gama de atividades bastante diferentes das que normalmente compõe sua rotina. Ao invés de spray, lápis ou aquarela. Ao invés de pinturas planejadas em muros, o improviso sobre corpos.

Respeito coletivo. Resultados surpreendentes. Evolução mútua.

(Para mais informações e cobertura do Festival Internacional de Graffiti Recifusion 7, visite os canais oficiais de mídia RF7. Imagens deste post por Karol Agante e AK47. Texto por AK47.)