2 Dias e 7 Países / by AK47

Noite de sexta feira pra recuperar as energias que gastamos em Recife acompanhando a caminhada de desenvolvimento do maior evento de Graffiti do Norte e Nordeste do Brasil … o RECIFUSION 7.

Foi escabroso ver todo o desenrolar desse puta festival que tem mil desdobramentos. Não é só graffiti, mas toda uma gama de linguagens, ferramentas, atividades, e propostas que bombardeiam os participantes com dança, produção de artes diversas, discussões, questionamentos, intercâmbio cultural e muita música boa. Espaço garantido para os 4 elementos da nossa cultura, existindo e produzindo todos juntos.

Mas agora é hora de pouca teoria e muito resultado. A gente vem aqui agora mostrar os muros e os grafiteiros que participaram do evento nos dois dias de culminância. Foram 7 países diferentes, e muitos estilos distintos pra colocar tinta na parede. Letras, personagens, abstrações, instalações.

Antes de qualquer resultado pronto, muito calor, suor e litros de energético.

Foi impossível pra gente registrar todos os participantes. Bilhões de cliques mais seriam necessários para retratar cada faísca de expressão. Não tivemos a pretensão de querer captar tudo que víamos. Nos restringimos a colocar aqui um pouco do que nossas lentes pegaram, e que inevitavelmente tocou nossas centrais nervosas com agudez.

Pra expandir a visão e abrir a mente, algumas panorâmicas com espaço para o respiro.

Ficamos sem palavras na hora de parabenizar e agradecer todo o time de artistas convidados e voluntários por esse final de semana de fervo mental e instiga. Oportunidade louvável poder acompanhar tantos processos de criação, ouvir tantas histórias de vida (felizes e tristes), além fazer um network tão denso e truncado com essa massa pensante.

Tamo junto, entendam isso ou não. Haha!

(Para mais informações e cobertura do Festival Internacional de Graffiti Recifusion 7, visite seus canais oficiais de mídia. Imagens deste post por Karol Agante e AK47. Texto por AK47.)