De Escadão e Extensor / by AK47

Conheci CHEMIS, grafiteiro da República Tcheca, e decidimos pintar juntos no 5 Pointz. Desde o início queríamos uma parede grande, com um trampo programado, feito pra durar bastante tempo. Por sorte ou azar ganhamos um pico cRássico, fachada principal do prédio, que fica de frente pra linha 7 do metrô ... o que foi muito instigante, pois milhares de pessoas passam por ele dentro dos trens todos os dias.

A pintura era simples no planejamento, mas rendeu 4 dias de martírio. CHEMIS pegou o "lado bom" do muro, e usou só uma escadinha pra trabalhar. No meu caso, além de ter que carregar o material pesado pro muro sob o sol escaldante, tive que trabalhar com a escada mais alta de todas, com um extensor de rolo de uns 4 metros ... e o pior de tudo ... tive que descer, subir e carregar a escadona umas 38476 vezes, pois trabalhei em frente a uma entrada de automóveis comerciais.

Tive uma trabalheira animal, mas fiquei feliz com o resultado: dessa vez uma das minhas árvores se tornou um boxeador, e está no ringue do 5 Pointz com o pugilista CHEMIS. Karol passou boa parte destes 4 dias comigo, registrando todo o processo lá de cima dos telhados do prédio.

(Fotos por Karol Agante e texto por AK47)