"A" to the "K" / by AK47

Procura a parede.
Pede permissão.
Consegue o lugar pra pintar.
Pensa no conceito.
Faz o primeiro rascunho.
Coloca o teste de cores.
Compra as tintas.
Organiza as malas.
Faz o check list.
Faz o check list denovo pra não esquecer nada.
Sai de casa.
Pula a roleta.
Pega o primeiro metrô.
Troca de linha para o segundo metrô.
Desce na última estação.
Compra água e o almoço.
Caminha mais 3 quadras.
Liga pro contato.
Espera que abram a porta pelo lado de dentro.
Sobe mais 2 andares.
Desembala todas as tralhas.
Arrasta a bancada de trabalho.
Limpa as teias de aranha e os cocôs de rato.
Aperta o PLAY.
...
Pronto, agora sim pode começar o trabalho!!!

Parede linda, no tamanho perfeito pra mim, lisa e branca que nem papel novo. Paz e sossego pra trabalhar, sem voz de ninguém pra perturbar ... só o barulho dos trens da linha 7 do lado de fora pra me lembrar onde estou.

Decidi pintar de uma forma que nunca tinha feito antes. Resolvi tentar um trampo que nem parece ser meu, e independente do resultado final eu optei pelo que era novo. 

Tarde perfeita. Aprendi muita coisa. Aproveitei bastante o trajeto até esse fim.

(Fotos por Karol Agante e texto por AK47)