Nos Bastidores de King Kong / by AK47

Do nada recebi uma ligação ... convite para trabalhar na criação do cenário de uma peça de teatro que vai rodar diversos pontos de NYC. Proposta interessante para se juntar à equipe do Hip Hop Fine Art, um grupo engajado em ações da cultura de rua da cidade, com artistas de diversas áreas.

As horas de pintura foram cansativas demais, com cronograma apertado, tarefas corridas, muito peso pra carregar e compromisso com o briefing. O lado bom além de fazer o que amo, é o intercâmbio com outros artistas, com novas propostas de projetos, e a satisfação de poder ver um trabalho GIGANTE contemplado por MUITA gente nos espetáculos.

Assim que tudo ficou pronto, a produção levou a estrutura para o Central Park, onde a peça ia ser exibida por alguns dias. Eu e Karol partimos pra lá, e ficamos assustados com o tamanho dos painéis móveis no palco, que pareciam bem maiores do que minha memória tinha registrado. Clima bom demais, peça hilária, com uma releitura foda da clássica história do King Kong e do nascimento do Hip Hop no Bronx, demais!

Do Central Pak a peça partiu pra exibição em diversos outros estádios, levando o Hip Hop e o Bronx pra tudo que é canto.

(Fotos por Karol Agante e texto por AK47)